Tic-Tac Night

Tava eu no caixa do Zaffari ontem, já totalmente conformado pela taínha recheada na grelha ter se transformado em um churrasco, quando olho para a gôndola que fica no caixa e encontro isso:

tictac

Definitivamente o tema do novo milênio só pode ser “putaria afú”. Tudo quanto é festa hoje em dia tem algum tipo de adesivo ou penduricalho que deixa claro que a pessoa está comprometida ou “pra negócio”. E o tic tac se uniu a este propósito agora. Claro, a embalagem é enganosa, afinal o que tem dentro dele são balas verdes e laranjas, e não verdes e vermelhas. Se bem que isso pode ter sido causado apenas pela preocupação da empresa em possibilitar que os daltônicos não sejam esquecidos nesta nova guloseima da pegação.

Levando em conta a alta média de QI da população já consigo imaginar o exército de idiotas tentando realmente fazer isso funcionar em uma festa. Se bem que como o exército de idiotas é formado por ambos os sexos, certamente vai ter gente que vai cair.

Então vi a dica para pelo menos ajudar um pouco a turminha da falta de noção: compra duas embalagens, abre, joga todas as balas em um pote, separa as cores, coloca todas as verdes em uma, todas as laranjas em outra, coloca uma embalagem em cada bolso (e não esquece qual tá em qual) e administra as caixinhas de acordo com as minas que aparecerem pra pegar. Isso certamente não vai funcionar, mas eu me mijaria de rir vendo alguém tentar.

4 comentários em “Tic-Tac Night”

  1. a genialidade dessas balas está no seguinte: se alguém se aproximar de ti ao som de “maracas”, nem perde tempo dando papo!!!

    devemos agradecer ao fabricante

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *