TSE e a mensagem subliminar

Estava eu ontem, indo dar uma exercida na cidadania, quando me deparo com o seguinte cartaz ao lado da entrada da sala onde votei:

Inicialmente, considerando minha costumeira implicância com nossa nova presidente, suspeitei que eu estava apenas sendo pentelho, e consegui deixar de lado o assunto até hoje de manhã, quando pesquisei no google a imagem acima e outra que, após a breve explicação do conceito de “Mensagem subliminar”, postei logo abaixo.

Segundo a wikipedia: Mensagem subliminar é a definição usada para o tipo de mensagem que não pode ser captada diretamente pelos sentidos humanos. Subliminar é tudo aquilo que está abaixo do limiar, a menor sensação detectável conscientemente. Importante destacar que existem mensagens que estão abaixo da capacidade de detecção humana – essas mensagens são imperceptíveis, não devendo ser consideradas como subliminares. Toda mensagem subliminar pode ser dividida em duas características básicas, o seu grau de percepção e depersuasão.”

Suspeito que o cartaz acima, sozinho, sem mais nenhuma foto junto a ele, nunca ultrapassaria o status de “leve percepção. Porém, quando colocamos a foto ao lado do cartaz, dá pra sacar melhor:

Proposital? Totalmente impossível dizer sem conversar com a equipe que escolheu a modelo da foto. Mas se não foi proposital, foi uma escolha de notável infelicidade para o pessoal que está fazendo exatamente campanha contra boca de urna.

Um comentário sobre “TSE e a mensagem subliminar”

Deixe uma resposta