Apelo singelo à Elma Chips

Quem nasce no Rio Grande do Sul tem, desde que ganha dentes e se vê livre daquelas gosmas nojentas que dão pra criança, tem colocado em sua dieta básica o fabuloso Arroz Carreteiro. O resto do país muitas vez se refere a ele como Arroz de Carreteiro, mas como ele não é feito de carreteiro e sim de charque, eles estão claramente errados.

Para os que apreciam esta maravilha da culinária brasileira, não é novidade nenhuma que a melhor parte desta comida é aquela fabulosa raspa queimada que fica no fundo da panela de ferro, pela qual já esgrimimos tanto com nossas colheres, tentando ganhar ela de nossos avôs. Nada melhor do que sentir aquele gosto de arroz queimado temperado com o calda da carne enquanto a raspa quebra crocante na boca.

E é por isso que eu peço que todos se unam a mim neste apelo à Elma Chips: por favor criem o salgadinho sabor Raspa de Carreteiro. E me dêem um fornecimento vitalício por a idéia é minha!

Claro, terão que estudar bastante pra chegar no mesmo gosto, e terão que entender a importância de chegar numa textura semelhante. Mas nós sabemos que vocês são capazes! Estamos aqui torcendo por vocês! Sejam legais e satisfaçam nossa vontade, pois somos consumidores queridos que sabemos a importância que tem ficarmos com os dedos laranjas de Doritos.

4 comentários em “Apelo singelo à Elma Chips”

  1. É arroz de carreteiro mesmo. Que eu saiba os carreteiros cozinhavam isso pq podiam levar arroz e charque em longas viagens sem q estragasse.

Deixe uma resposta