TSE e a mensagem subliminar

Estava eu ontem, indo dar uma exercida na cidadania, quando me deparo com o seguinte cartaz ao lado da entrada da sala onde votei:

Inicialmente, considerando minha costumeira implicância com nossa nova presidente, suspeitei que eu estava apenas sendo pentelho, e consegui deixar de lado o assunto até hoje de manhã, quando pesquisei no google a imagem acima e outra que, após a breve explicação do conceito de “Mensagem subliminar”, postei logo abaixo.

Segundo a wikipedia: Mensagem subliminar é a definição usada para o tipo de mensagem que não pode ser captada diretamente pelos sentidos humanos. Subliminar é tudo aquilo que está abaixo do limiar, a menor sensação detectável conscientemente. Importante destacar que existem mensagens que estão abaixo da capacidade de detecção humana – essas mensagens são imperceptíveis, não devendo ser consideradas como subliminares. Toda mensagem subliminar pode ser dividida em duas características básicas, o seu grau de percepção e depersuasão.”

Suspeito que o cartaz acima, sozinho, sem mais nenhuma foto junto a ele, nunca ultrapassaria o status de “leve percepção. Porém, quando colocamos a foto ao lado do cartaz, dá pra sacar melhor:

Proposital? Totalmente impossível dizer sem conversar com a equipe que escolheu a modelo da foto. Mas se não foi proposital, foi uma escolha de notável infelicidade para o pessoal que está fazendo exatamente campanha contra boca de urna.

Direitos Humanos Bem Trapalhões

Eu pretendia começar este post colando o link para o decreto que foi publicado dia 21 de dezembro de 2009 – o qual o presidente Mula afirma ter assinado sem prestar muita atenção – referente ao 3º Programa Nacional de Direitos Humanos, mas como o site do diário oficial afirma que eu digitei errado o código CAPTCHA que não foi pedido, tive a sorte de conseguir o link para o decreto aqui: http://www.ccr.org.br/uploads/noticias/pndh3.pdf.

Segundo as reportagens que irei colar a seguir, embora o presidente tenha escrito uma apresentação de 3 páginas para o decreto acima, ele o assinou sem muita atenção. Já os ministros Dilma Rousseff e Tarso Genro, segundo a reportagem, sabiam bem o que estavam cometendo.

Considerando o que é dito nas reportagens “coladas” abaixo e ao monte de besteira que o Lula escreveu na apresentação do decreto, acho que cabe fazer aqui um apanhado de links para lembrar a todos quem é a corja que nos governa hoje em dia.

Sobre o decreto linkado acima:

(meio fora de sink, mas dá pra entender perfeitamente)

(a vez do Jabor opinar sobre o assunto)

(e a do Alexandre Garcia)

Um pouco sobre a Dilma:

Alguns textos também:

Em outubro de 2009 o Tas já tava comentando sobre a censura que o decreto acima está tentando viabilizar:

Eu sinceramente espero que, para a surpresa completa desta catrefa, a internet seja o meio onde esse bando de cretinos vá se afogar na bosta este ano. Essa campanha terá a internet como meio liberado para eles infernizarem a nação e eu continuo dizendo que eles não sabem onde estão se metendo.

Câncer ou fraude?

Essa notícia me fez pensar…

Com fraudes ao sistema previdenciário, sistema judiciário e sistema de saúde, será que não levantaram a hipótese de que o que a Dilma tem no sistema linfático seja uma fraude e não um câncer?

Nos EUA, Lula demonstra não conhecer o significado da palavra “apta”.

direto do Terra...

 

direto do Terra…

sem comentários…