foguinho.com.br – não foi dessa vez

Acabei não conseguindo postar sobre isso antes, mas no dia 2 de agosto de 2011, o pessoal do jurídico do registro.br me mandou um e-mail dizendo que meu pedido de registro do domínio foguinho.com.br foi indeferido. Pelo que pude constatar, nem eu nem qualquer outra pessoa que estivesse brigando por ele também ganhou o direito de registrá-lo. Embora eu entenda e respeite a posição do registro.br, na minha opinião a lei vigente é antiquada e pouco adequada à realidade da internet. Atrelar o direito de registro de domínio a um nome de empresa registrada é plausível, mas certamente está longe de cobrir todas as situações em que mais de uma pessoa pode querer registrar um domínio.

De qualquer forma, já tenho a data do próximo processo de liberação e tentarei novamente. Valeu a todos que mandaram e-mail pros caras. Na próxima eu peço ajuda de novo!

Mais considerações sobre por que eu mereço o foguinho.com.br

Pois bem, estava eu tendo algumas idéias subversivas quando resolvi fazer uma consulta ao registro.br em relação a um domínio. Vejam que resultado mais interessante:

Pois então, se o PSDB pode ser oposição.org.br eu tenho mais do que direito de ser foguinho.com.br, concordam?

Então voltem ao post anterior e sigam na minha campanha!

Flaming Lips – Two Blobs Fucking (mixed)

Então o Flaming Lips resolveu fazer de novo. Da mesma forma que fez com o Zaireeka (1997), eles acabaram de lançar uma música nova com 12 pistas separadas, que tocadas ao mesmo tempo resultam em uma bela maluquice. Eles postaram as faixas no Youtube (12 + 1 de instruções). Para aqueles (como eu) que não tiverem paciência de juntar 12 amigos pra tocar tudo junto, abaixo tem tudo já mixado.

Eu que mixei, o que significa que fucei em volumes e pans. Na época em que lançaram o Zaireeka, isso era um saco de fazer. Atualmente, qualquer um com um Mac e um Garageband faz isso tranqüilo(no PC deve continuar sendo um saco). Isso me faz achar que, na realidade, provavelmente os próprios caras do Flaming Lips já contassem com fãs fazendo mixagens. Afinal, cada pessoa que resolver mixar as faixas irá acabar jogando efeitos para um lado ou para o outro de acordo com seu gosto, ou deixar a guitarra mais alta que o teclado, e por aí vai.

Para quem estiver afim de juntar a galera e tentar tocar tudo junto, ou estiver afim de baixar as faixas e mixar também, abaixo os links:

“Two Blobs Fucking” – Faixa 0 (instruções)
“Two Blobs Fucking” – Faixa 1
“Two Blobs Fucking” – Faixa 2
“Two Blobs Fucking” – Faixa 3
“Two Blobs Fucking” – Faixa 4
“Two Blobs Fucking” – Faixa 5
“Two Blobs Fucking” – Faixa 6
“Two Blobs Fucking” – Faixa 7
“Two Blobs Fucking” – Faixa 8
“Two Blobs Fucking” – Faixa 9
“Two Blobs Fucking” – Faixa 10
“Two Blobs Fucking” – Faixa 11
“Two Blobs Fucking” – Faixa 12

FOGUINHO.NET

Endereço novo, mas arrastei o blog inteiro junto. Muito mais colorido! Muito mais trabalhoso! Muito mais rabujento. E eu espero que muito mais atualizado… mas não prometo.

Flaming me

Parte divertida de ter um irmão fotógrafo com idéias malucas:

flamingfire

Ele fez com fogo mesmo. Muito afudê!

Superphones :: site novo provisório

Como diz no post que o Marcelo colocou lá, enchemos o saco do site velho e colocamos um provisório no ar. Seguindo a idéia que tem sido a mais corrente e mais feliz em um grande número de sites de bandas pelo mundo, resolvemos usar o wordpress como base pro site. Pelo menos temporariamente.

Claro que temporariamente, quando se trata de uma banda de seis pessoas, dura muito mais tempo que o temporariamente citado naquelas gravações de operadoras de celular. Afinal são seis pessoas opinando, todas querendo chegar na melhor idéia, e ainda assim discordando o tempo todo.

Felizmente concordamos que enchemos o saco do outro site e que precisávamos de algo para por no lugar enquanto o novo não era concebido. Como o wordpress disponibiliza uma série de plug-ins legais, acho que as pessoas vão curtir o nosso site temporário. E enquanto nem o novo site nem o novo CD saem, a gente fica lá torturando as pessoas com informações faltando pedaço sobre o que anda acontecendo com as mixagens das músicas novas, ehehhe.